PASSEIO GASTRONOMICO
Arroz de Risotto
28.04.2016

E na cidade de Lombardia que fica na Itália que tivemos a criação do primeiro Risoto. Ele não só virou um símbolo italiano como caiu no gosto de todo o mundo.  

Hoje é possível achar com facilidade alguns tipos de arroz para fazer esse prato tão procurado na Artesanalli. 

Dentro dos tipos temos, Arborio, o Carnaroli e o Vialome nano 

são os de maior qualidade e mais usados. A escolha de cada tipo vai muito do gosto pessoal, porém quando entendemos a diferença de cada um.

O arroz Arborio é a variedade italiana mais disponível, fácil e barata, motivo pelo qual é mais utilizado e na maioria das vezes indicado em receitas. 

Em relação ao Carnaroli e ao Vialone nano ele é maior, mais longo, possui uma quantidade inferior de amido, e absorve muito liquido durante o cozimento, o que facilita o grão a quebrar.

Favorito dos chefs e dos italianos, o tipo Carnaroli de arroz é considerado o melhor e mais equilibrado para fazer um bom risoto. Classificado como “superfino” pela forma e tamanho, é rico em amido e resistente a absorção de liquido, se mantendo inteiro por mais tempo durante o cozimento. Essas características ajudam a fazer um risoto cremoso e no ponto ideal.

Durante o cozimento, o amido se solta dos grãos de arroz e proporciona a textura cremosa ideal do risoto, motivo pelo qual jamais pode-se usar um arroz comum para preparo do prato. 

O Vialone nano é junto com o Carnaroli considerado um arroz de alta qualidade e possui também alto teor de amido. Como seu próprio nome indica, (“nano” significa anão) ele é um grão bem pequeno, classificado como “semifino”, suave, e firme, mantendo a sua forma durante o cozimento. O vialone nano é o único tipo de arroz que recebeu do governo o selo IGP (indicação geográfica protegida), garantindo a sua qualidade e as áreas exclusivas de produção.

Pudim de claras
20.04.2016

Esta é uma das sobremesas que faz mais sucesso na Artesanalli.

Muitos doces como o pudim de claras foram inventados nos conventos portugueses a partir do século XV quando o açúcar passou a ser amplamente comercializado. A exigência do jejum de carne entre os religiosos também é responsável por essa diversidade. Tira-se a carne e se estabelece uma verdadeira competição entre os conventos por novas receitas.

“Diz a lenda” que as claras eram utilizadas na confecção das hóstias ou para engomar os hábitos.

 Estas receitas são passadas de pais para filhos até os dias atuais. Exemplo disso é esse singelo Pudim de claras, que poeticamente chamei de “Nuvem Expressa”, e que fica irresistível com a calda de café.

Venha experimentar essa delícia!

 

Pappa a pomodoro
13.04.2016

Pappa al pomodoro. 

O prato típico do Norte da Itália, é feito com pão italiano mergulhado em um caldo caseiro de tomate.

Geralmente é usado o pão italiano, por ser redondo e fundo, pode ser usado como um prato, dá um sabor a mais no seu prato, além de ser comestível.

O pappa a pomodoro, um caldo feito com tomates e temperos.

Uma delícia para ser servido tanto quente quanto frio.

 

Mercado de Florença
06.04.2016

Em Florença temos o mercado Municipal que aguça todos os nossos sentidos. Cheiros, cores, ver os produtos e poder comparar com a nossa realidade Brasileira. 

Existem 2 andares no mercado, hoje trataremos da primeira.

São 12 lojas, entre elas: um restaurante à la carte, uma pizzaria, uma escola de culinária, uma escola de vinhos, uma biblioteca, uma loja de do time local, a Fiorentina, uma enoteca, um Lampretotaio (faz o street food famoso toscado, veja aqui), uma loja de tramezinos (sanduíche com pão de forma), uma confeitaria, uma gelateria, um forno (padaria), uma queijaria, uma salumeria (presuntos e embutidos), uma peixaria (ainda serve peixe e frutos do mar fritos), uma quitanda de comida natural,  e muito mais em um ambiente que combina a estrutura de mercado do século XIX com o extraordinário projeto de design.

Você pode então comprar, degustar, saborear e ainda melhor, poderá descobrir, ouvir, ler, falar e ser informado por que o Mercado Central de Florença será um lugar de intercâmbio cultural, cheio de propostas, atividades e projetos.

É possível comprar queijos, presuntos, pizzas inteiras, massas frescas, verduras e vinho em cada lojinha, mas ha uma Mini-Loja da Eataly dentro do Mercado, onde é possível comprar molhos, livros de culinária, e vários quitutes de qualidade.

Como ele fica aberto durante o dia e a noite, então o passeio é válido a qualquer hora.

29/06
Parma


22/06
História do Fettuccine


15/06
A história do Camarão


09/06
Risoto - o 'acidente'culinário.


02/06
Cogumelos


23/05
Queijo Mascarpone


18/05
Badejo -


11/05
Creme di Palmito


04/05
Antepasto de beringela


28/04
Arroz de Risotto


20/04
Pudim de claras


13/04
Pappa a pomodoro


06/04
Mercado de Florença


30/03
Gnocchi da Fortuna


22/03
Tipos de Tomate


15/03
Carpaccio - antepasso de sucesso


09/03
Crostini - Delicia da Toscana


03/02
Gastronomia levada a sério


24/02
Hábitos à mesa


17/02
História da Gastronomia Italiana


10/02
Queijo Robiola Piemonte


03/02
Queijo Asiago


27/01
Provolone


20/01
Mozzarella di Bufala


13/01
Queijo Parmigiano Reggiano


06/01
Queijo Fontina d’Aosta


23/12
Struffuli, um doce típico da tradição napolitana.


16/12
Queijo Taleggio


09/12
Queijo Pecorino Toscano


02/12
Queijo Gorgonzola


25/11
Queijos Italianos


18/11
Tiramisú


11/11
Pan D’oro: uma tradição natalina


04/11
Torta Co Bischeri


28/10
Panna Cotta


21/10
Brioche alla crema


14/10
Cannolo Siciliano


07/10
As delícias da Itália: doces!


30/09
é época de alcachofras


23/09
Temperos


16/09
Temperos


09/09
Temperos


02/09
Temperos


26/08
Temperos


19/08
Temperos


12/08
Temperos


05/08
Temperos


27/07
Temperos


22/07
A Origem do risoto


15/07
Os Tipos de Café Italiano (continuação)


08/07
Tipos de Café Italiano


02/07
Os tipos de café italiano


23/06
Farfalle


15/06
Fusilli e ravioli


10/06
continuando sobre molhos / Talharim e Penne


01/06
molho que combina com cada tipo de massa


20/05
Comida típica de cada região da Itália


13/05
passeio gastronômico por Milão


04/05
Passeio Gastronômico por Veneza


09/04
biscoito: Regina da Sicília


01/04
mais sobre biscoitos Italianos


30/03
Os Biscoitos italianos


25/03
O doce sabor que vem da Toscana.


14/03
Brusquetta


10/03
Massas Curtas


02/03
Massas Longas


25/02
Tipos de Massas Italianas


19/02
Gnocchi


09/02
Risotto


02/02
Tiramisu


Janeiro 2016
Fevereiro 2015
Fevereiro 2016
Março 2015
Março 2016
Abril 2015
Abril 2016
Maio 2015
Maio 2016
Junho 2015
Junho 2016
Julho 2015
2015
2015
Outubro 2015
Novembro 2015
Dezembro 2015
Rua Padre Almeida, nº 735 – Cambuí  |  Campinas – SP  |  Artesanalli Massas e Molhos: 19 3255.5392
Rua Padre Almeida, nº 735 – Cambuí
Campinas – SP
Artesanalli Massas e Molhos: 19 3255.5392